Páginas

quarta-feira, 11 de julho de 2007








Se você não encontrar razões para ser livre,


invente-as.






Feche os olhos,


começe a sentir a brisa por outro ângulo,


se abraçe, se beije e esteja mais em você!




Agradeça a PAPAI DO CÉU,


por te dar força,


por te colocar no colo


e


te dar merecidas surras também,


de vez em quando...




As certezas são apenas SUAS,


e nada, nenhum sentimento, ou ninguém


lhe fará mudá-las...




apesar de ser sempre inconstante,


chega a hora de CRESCER!




Tirar grandes lições do que se viveu,


coisas extremamente boas e intensamente ruins também,


não quero nem saber se existem


culpados ou vítimas


ACABOU


a estrada


e agora vou recomeçar por outro


caminho, fechado?




Nada de tristeza nem de dor!

Nenhum comentário: