Páginas

quarta-feira, 11 de junho de 2008

“O amor é paciente, o amor é bondoso.
Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses,
não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça,
mas se alegra com a verdade.
Tudo protege, tudo crê,
tudo espera, tudo suporta”
(I Cor 13,4-7).

Nenhum comentário: