Páginas

sábado, 13 de setembro de 2008


Aqui estou,
enfim:

22!

E nos antigos anos passados,
me peguei tentando decifrar todos os por quês... (é assim q se escreve?)
não que eles não me sejam mais necessários,
acho que observar tem sido mais proveitoso,
achei uma certa paz que há muito necessitava,
paz esta que realmente estava bem guardada e que eu nem sequer imaginava possuí-la!
Perdi o medo de buscar os desejos, de sofrer de verdade, de aceitar meus defeitos e medos, mas esse é apenas o começo...
Guardo dores, que me empurram e me fortalecem.
Vivo momentos de aprendizagem contínua,
que nunca esperei ser tão bom!
* Papai do céu realmente me guarda com muitooooooooo amor!