Páginas

terça-feira, 28 de outubro de 2008

Vc também já sentiu essa vontade,
de largar tudo, mandar todo mundo ir pra casa da p...
e desaparecer, sumir, virar nuvem... coisas desse tipo...
e vem uma forcinha bem lá no fundo e te convence
a PROSSEGUIR!!

E bate aquela vontade imensa de abraçar o mundo,
mesmo sabendo que o abraço
que se necessita está em apenas uma pessoa!
Tento não pensar, não sentir falta,
não relembrar os bons momentos, lições e o amor imenso...

MAS, FALTA!

"nem mesmo o céu,
nem as estrelas,
nem mesmo o mar,
nem o infinito,
não é maior que o
meu amor,
nem mais bonito,
me desespero a procurar
alguma forma de
lhe falar como é grande
o meu amor por você!"




quinta-feira, 23 de outubro de 2008



Não estou tentando polemizar,
também estou cansada de escutar e assistir o dia inteiro o mesmo SENSACIONALISMO!

Dói...


dói pensar que os sonhos e toda uma vida
se tornaram encarceradas e exterminadas!
Dói pensar que ela teria o mundo inteiro,
oportunidades, batalhas e realizações!

Não a conheci, não sei bem o que se passou,
o quanto ela sofreu, o quanto ela foi feliz ao lado dele,
rezo por ela, e também por ele!


Que Papai do Céu a guarde com muito carinho linda menina!

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

Se você soubesse o quanto é intenso no meu peito
O amor que eu tenho por você e o que guardo aqui dentro
Se você voltasse sempre, se houvesse intimidade
Certamente deixaria de implorar por outro amor
Na distância é tão difícil ser amigo de alguém
Olhe para mim, eu preciso lhe dizer
Que eu espero por você
E não me canso de esperar
A porta aberta vou deixar
Se quiser pode voltar
E eu espero por você
E não me canso de esperar
Meu coração se alegrará
Quando você se aproximar
Se você se aproximasse do meu peito transpassado
Se aos pés da cruz ficasse, saberia o que é o amor
Se o amor que me oferece é tecido de palavras
Eu lhe estendo os meus braços, mostro em gesto o que é o amor