Páginas

segunda-feira, 12 de julho de 2010


"Quem nunca saiu na mão com a mulher?"


Há dias essa frase não sai de mim...

A violência é inerente ao ser,
principalmente quando nos sentimos
abalados,
nossa primeira reação é revidar aos tapas...

e quando os tais "tapas"
se tornam constantes?

Isso é AMOR?

Que tipo de relacionamento é construído na falta de respeito?

AOS TAPAS...

Bruno não tá certo,
em momento algum me sinto no direito de condená-lo,
simplismente pq,
a tal "mocinha" que acabou esfacelada,
também procurou confusão,
quem bate uma vez se sente no direito de não parar...
e quem apanha e continua procurando...
pode 1 dia acabar igual a Elisa...

Nenhum comentário: