Páginas

quarta-feira, 17 de novembro de 2010


“Nada é para sempre, dizemos, mas há momentos que
parecem ficar suspensos, pairando sobre o fluir
inexorável do tempo”. José Saramago


Sem muita paciência pra escrever,

lendo um pouco...

Nenhum comentário: