Páginas

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Nunca gostei de gente feliz demais,
nem quero por perto...
gosto do HUMANO,
da cara emburrada quando quero,
de deixar os problemas na fechadura do portão
de casa ao ir trabalhar...
de ficar quietinha em dias frios,
de sentir vontade de ligar só pra lembrar que to
com saudade...
e se quiser berrar igual a criança assim farei...

Logo cedo parei nessa frase
de   monsenhor Jonas:

''Os problemas são meus, mas a minha cara é dos outros''.

e levei ela comigo...
pro resto do meu longo dia...
e não é que vivo a observar?
rs...

como se não tivesse muito a correr...


*Sem destino vamos juntos
Passear feito nuvens no céu
Derramar a tinta colorir papel
E amanhecer nós dois
Perfume, bem me quer
Tem biscoito, queijo, bolo
Leite no café...*
Colorir papel - Jammil

Um comentário:

Um brasileiro disse...

Olá. Tudo blz? Estive por aqui dando uma olhada. Legal. Apareça por la. Abraços.